Poesia: Saudade

Por: Nelli Célia – Escritora e poetisa

            ( Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. )

 

        Antônio Gonçalves da Silva, conhecido como “ Patativa do Assaré”. Nasceu em Assaré no dia 5 de março de 1909 e faleceu em Assaré em 8 de julho de 2002.

Patativa do Assaré foi poeta popular, cantor, compositor e improvisador brasileiro.

        Entre outros prêmios, recebeu: “Amigo da Cultura”, outorgado pela Secretaria da Cultura do Estado do Ceará.  Em 1989 em Cariri, Doutor Honoris Causa , pela Universidade Regional de Cariri.

        Nasceu em uma família pobre, ainda pequeno,  ficou cego do olho direito por causa de uma doença grave. Órfão  de pai, aos 8 anos de idade , começou a trabalhar no cultivo da terra. Passou a ajudar a família e a frequentar a escola. Aproveitava o talento para as poesias e ia às festas, e as declamava, sendo aos poucos, conhecido por todos. Recebeu o pseudônimo de ” Patativa do Assaré”, por ser sua poesia comparável a beleza  do canto dessa ave.

Vida simples, singela, banhada de natureza , ele viveu e nos deixou tantas maravilhas dentro de sua obra.

  

Saudade, dentro do peito

É qual fogo de monturo

Por fora tudo perfeito,

Por dentro fazendo furo.

 

Há dor que mata pessoa

Sem dó e sem piedade,

Porém não há dor que doa

Como a dor de uma saudade.

 

Saudade é um aperreio

Pra quem na vida gozou,

É um grande saco cheio

Daquilo que já passou.

 

Saudade é canto magoado

No coração de quem sente,

É como a voz do passado

Ecoando no presente.

 

 

Você está aqui: Acontece Espaço Cultural e Poético Poesia: Saudade